domingo, 15 de janeiro de 2017

Doentes e idosos recebem visitas de agentes de pastoral da comunidade

Na tarde de hoje, o Ministro Extraordinário da Sagrada Comunhão, Hermerson Saulo, acompanhado da Coroinha Camila Nunes, visitaram oito famílias na tarde deste domingo: seis famílias eram do Conjunto Broder Ville, uma da Rua Dom Pedro I e uma no Residencial Dom Rufino. 
O objetivo da visita foi anunciar a Palavra de Deus e levar a Sagrada Comunhão Eucarística aos doentes e aos idosos que, por conta das limitações, não podem participar das celebrações na comunidade. 
Acima, foto com a família da idosa, dona Maria Gonçala (Rua A do Conj. Broder Ville) e embaixo, foto com a família do Sr. Justino (Rua Dom Pedro I)...  
Nas demais famílias visitadas não foi possível fazer imagens.
As visitas do Ministro acontecem quinzenalmente (mas, às vezes por conflito de agenda, nosso Ministro realiza apenas uma visita mensal). 
Esta foi a primeira visita com a presença de uma coroinha. A intenção agora é em cada visita aos doentes e idosos, um coroinha possa acompanhar o Ministro, porque assim, é mais um fiel intercedendo por aquele doente/idoso visitado. Nossa gratidão à coroinha Camila, que embora celebrando hoje seu aniversário, se dispôs a servir nestas visitas missionárias! Deus a recompense pela generosidade e serviço ao Reino!
Que independentemente de o Ministro visitar, que cada um de nós assumamos a Obra de Misericórdia de visitar os enfermos, afinal disse Jesus: "... Eu estava doente e cuidastes de mim" (Mateus 25, 36)...

Abaixo, leia um trecho da Catequese do Papa Francisco sobre os idosos, pronunciada em 5 de março de 2015, no Vaticano:
[...] Graças aos progressos da medicina, a vida prolongou-se: mas a sociedade não se «ampliou» à vida! O número de idosos multiplicou-se, mas as nossas sociedades não se organizaram suficientemente para lhes deixar espaço, com o justo respeito e a concreta consideração pela sua fragilidade e dignidade. Enquanto somos jovens, somos levados a ignorar a velhice, como se fosse uma enfermidade da qual nos devemos manter à distância; depois, quando envelhecemos, especialmente se somos pobres, doentes e sós, experimentamos as lacunas de uma sociedade programada sobre a eficácia que, consequentemente, ignora os idosos. Mas os idosos são uma riqueza, não podem ser ignorados!Quando visitou uma casa para idosos, Bento XVI usou palavras claras e proféticas; dizia assim: «A qualidade de uma sociedade, gostaria de dizer de uma civilização, julga-se também pelo modo como se tratam os idosos e pelo lugar que lhes reservam na vida comum». É verdade, a atenção aos idosos distingue uma civilização. Numa civilização presta-se atenção ao idoso? Há lugar para o idoso? Esta civilização irá em frente se souber respeitar a sabedoria, a experiência dos idosos. Numa civilização em que não há espaço para os idosos ou onde eles são descartados porque criam problemas, tal sociedade traz em si o vírus da morte.

sábado, 14 de janeiro de 2017

Fiéis da comunidade fazem nova peregrinação ao Santuário dos Morros da Mariana

Na noite de ontem, nosso coordenador e familiares prestigiaram o tradicional Tríduo em comemoração à instalação da imagem da "Mãe dos Pobres e Senhora do Piauí", no Santuário dos Morros da Mariana, na cidade de Ilha Grande do Piauí. Este santuário diocesano foi inaugurado no final da década de 1980, como fruto do Ano Mariano 1987-1988 e é um lugar de beleza sem igual!!
Em julho acontece o Novenário naquele Santuário.
Foi 1ª vez que nosso coordenador e família participaram de Missa neste Santuário!!
Ao centro, Pe. Jeremias, pároco da Ilha Grande
O primeiro da direita para a esquerda, Mons. Vittório, vigário cooperador de Ilhe Grande
Em 2012, zeladoras do Apostolado da Oração fizeram uma peregrinação àquele Santuário. Reveja AQUI.

Este tríduo à Mãe dos Pobres termina neste domingo, 15! Participem!

Nossa Senhora do Piauí, rogai por todos nós!

Fiéis da comunidade prestigiam o Festejo de São Sebastião 2017

No final da tarde de quarta-feira, 11, uma comitiva de fiéis de nossa comunidade participaram da celebração de início do 50º festejo da Paróquia de São Sebastião, em Parnaíba. Apesar do templo ter 77 anos de construção, a paróquia só foi erigida em 1966 (Para mais informações da história desta paróquia, confira AQUI).
Nosso coordenador, familiares e irmãos na fé
Celebrou o 1º da Novena ao Mártir São Sebastião, o Vigário Geral da Diocese de Parnaíba e pároco da Catedral, o Mons. Carlos Seixas (nosso antigo pároco, quando éramos da Paróquia de Fátima).
Fiéis da comunidade com o jovem Lindomar (paroquiano de Santa Ana)
e os clérigos Mons. Carlos, Frei Sérgio e Diác. Jurandir
Foi mais um momento para testemunharmos juntos com os irmãos nossa fé em Cristo!
Nosso coordenador com irmãos da fé: Lindomar (Paróquia Santa Ana), Chicão (Paróquia de Fátima) e os coroinhas de São Sebastião: Joyce e João Marcelo
No dia 12 nossa paróquia (Frei Galvão) e a paróquia de Santa Luzia foram as convidadas especiais. Confira a programação de hoje, 14:
A festa de São Sebastião se estende até dia 20 de janeiro! Prestigiem! Participem!
Que sejamos defensores da fé católica a exemplo do Mártir Sebastião!

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Coordenação da comunidade e líderes de grupos preparam calendário de atividades para 2017

Nas noites dos dias 09 e 10 de janeiro, membros da equipe de Coordenação e representantes dos grupos de Jovens, Coroinhas, Catequese fizeram-se presentes à Capela e na ocasião definiram algumas atividades para serem realizadas neste Ano do Senhor de 2017.
Alguns participantes das reuniões de definição do Calendário 2017
Clique para ampliar!
Além destas atividades, como tem acontecido nos últimos 2 anos, definiu-se as responsabilidades para a limpeza da Capela e Liturgia das celebrações. Confira nas imagens abaixo:
Fazemos votos para que 2017 seja um ano de paz e bem! Que Maria, nossa Mãe, ajude-nos a assumirmos as responsabilidades e assim possamos realizar as atividades propostas a fim de sempre nos aproximarmos ainda mais do Seu Filho Jesus!

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Na festa da Epifania do Senhor, comunidade se "despede" do Pe. João Maria Araújo

No final da tarde de ontem muitos fiéis participaram da Santa Missa na Solenidade da Epifania do Senhor ("Dia de Reis"). Foi a última missa celebrada ordinariamente pelo Pe. João Maria, pois o mesmo agora irá ser vigário na Paróquia de Fátima (Confira a despedida dele na nossa Matriz, AQUI).
Nesta Celebração além de rendermos graças a Deus pelo ministério sacerdotal exercido em nossa paróquia, rezamos pelos dizimistas da comunidade.
  • Para conferir mais imagens, clique AQUI.
Dizimistas e coroinhas ajudaram na limpeza da capela e na Liturgia da Palavra da Celebração. Nesta Missa, foi a 1ª vez que a neo-coroinha Adriana serviu no altar.
Foi uma celebração bem participada e cheia de emoção. Ao final da Missa, nosso coordenador ofertou ao Pe. João Maria um calendário a fim de que o mesmo ao longo do ano não esqueça de nossa comunidade.
Após a bênção, um representante de cada família da comunidade também recebeu um calendário.
Nosso muito obrigado ao Pe. João Maria pelo carinho que sempre demonstrou a nossa comunidade. Em seus 3 anos e meio em nossa paróquia, nossa comunidade, foi a que mais Pe. João Maria celebrou e visitou!
Nossa gratidão a todos os que ao longo de 2016 contribuíram regularmente com seu Dízimo!! Seu Dízimo nos ajuda a levar a Jesus ao mundo!! Que os Santos Reis Magos nos ajude a todos a seguirmos sempre a Jesus, nossa estrela-guia!

domingo, 8 de janeiro de 2017

Dom Juarez fala sobre o Ano Mariano Nacional 2017. Assistam o vídeo!

No vídeo abaixo, nosso bispo diocesano, Dom Juarez Souza da Silva inicia uma série de reflexões, em vídeo, sobre o Ano Mariano decretado pela CNBB para a celebração dos 300 anos de devoção à Nossa Senhora Aparecida.
Aguardemos o próximo vídeo!
Viva à Rainha e Padroeira do Brasil!!

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Festejando o dogma da Maternidade Divina de Maria fiéis iniciam o ano civil de 2017

Na noite de domingo, 1º de janeiro, muitos fiéis participaram da Celebração de Deus, presidida por nosso Ministro Extraordinário da Comunhão, H. Saulo. Participaram da Liturgia da Palavra as zeladoras do Apostolado da Oração, dona Soledade e Alcione e a fiel Raquel. 
Nesta celebração, encerrando a Oitava do Natal, recordou-se, portanto o mistério do nascimento de Jesus, Verbo de Deus que se encarnou no seio de Maria Virgem e devoção iniciada na Igreja primitiva de, entre os Santos que Cristo fez, exaltar-se de modo especial a Mãe de Deus, Maria Santíssima.
Foi a nossa 1ª celebração litúrgica do ano de 2017, Ano Mariano Nacional!! Na quarta-feira, 04/01 celebraremos nossa 1ª Novena a N. Sra. do Perpétuo Socorro e no próximo domingo, às 17h30 teremos a Missa da Epifania do Senhor.

A solenidade da Maternidade Divina de Maria

A solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus é dia de preceito, dia de mistério, dia de renovarmos em conjunto a nossa fé católica, com os olhos dirigidos a Nossa Senhora.
Antes de dar à luz ao seu Filho, Maria foi chamada, por sua prima Santa Isabel, a "Mãe do meu Senhor". Os evangelistas, por sua vez, recordam o que diziam os nazarenos em relação a Jesus: “Afinal, não era Maria sua mãe?
Sempre fiel à fé recebida dos Apóstolos, a Igreja nunca temeu em confessar que Maria é a Mãe de Deus (Theotókos). O Verbo divino se fez carne por meio dela para atuar a obra da nossa salvação.
Por isso, colocamos o Novo Ano sob a proteção desta Mãe admirável, para que ela nos mantenha sob o seu manto maternal, nos preserve do pecado, nos ajude a vencer as tentações, nos dê força de vontade para querermos ser santos; para que ela nos faça perseverar, firmes e constantes, no serviço ao Senhor até o último dia da nossa existência, por mais árduo que seja o caminho.
Que ao longo deste novo ano possamos associar-nos às dores da Mãe de Deus, a fim de um dia participarmos, ao seu lado, das alegrias que a sua divina maternidade conquistou para todos os redimidos pelo sangue de Cristo!

OBS: Esta festa mariana apareceu na Igreja ocidental; substituiu o costume pagão das dádivas e começou a ser celebrada em Roma, no século IV. Desde 1931 (por mandato de Pio XI), era celebrada no dia 11 de outubro [recordação do Concílio de Éfeso, 11/10/431), mas com a última revisão do Calendário Litúrgico (1969), passou ao primeiro dia do ano, data que se comemorava a circuncisão de Jesus, oito dias após o seu nascimento.
Assim, confiamos o Novo Ano à proteção de Maria Santíssima que, quando se tornou Mãe de Deus, fez-se também nossa Mãe e Mãe da Igreja. A comemoração de Maria, neste dia, está em sintonia com o Dia Mundial da Paz. Celebrar Maria é celebrar Nosso Salvador, o Príncipe da Paz.

Texto com informações também da Rádio Vaticano.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...